7

Uma pequena homenagem a meu querido avô Pio, que hoje está  completando 4 meses de sua ida ao encontro de Deus.

                              Vô












Achei que não ia suportar a dor de te perder
Achei que a saudade ia ser tamanha
Que não conseguiria mais lembrar-me de ti sem chorar
Mas lembrei-me que deve estar num lugar bem melhor
Sem doenças, maldade , angústia.
Vô, você me ensinou desde pequena o que é viver
Você me mostrou que as dificuldades da vida
São superáveis se tiver FÉ
Me ensinou, que por mais que a dor faça com que você desanime
Nunca deveremos parar de sorrir!
Vô, aqui na terra o senhor deixou saudades,
Mas, tenho certeza que o céu agora, deve estar
Muito mais alegre com sua presença
Sinto falta de seus assobios, das suas risadas, do andar pesado .
Vô , eu te amo e nunca deixarei de te amar!
Sua netinha vai sempre lembrar de ti,
Como o melhor avô do mundo!!!

               Joana

7 comentários:

Gabriel Pio disse...

Que poesia bonita,Joana!
O vovô lá no céu deve ter ficado muito feliz com tanto carinho.
Eu também sinto muita saudade do vovô, mas sei que o Papai do Céu tá cuidando muito bem dele.
Um montão de beijinhos,
Gabriel Pio

Angel@ disse...

Nossa,filha! Fiquei emocionada com seu poema. Tão lindo, delicado e cheio de amor! O vovô, na certa, está assoviando de alegria agora...rs
Quanta saudades sentimos, quanta falta ele nos faz, mas , como você disse, confiamos em Deus e sabemos que ele está bem e olhando por nós, que tanto o amamos!
Parabéns por tamanha sensibilidade e ternura!
Que Deus continue abençoando e iluminando este seu coraçãozinho, para que seja sempre esta menininha doce e generosa!
Muitos e muitos beijinhos carinhosos e perfumados,
Mamãe

Rosane Viana disse...

Fiquei emocionada com a sua maneira de expressar o seu eterno amor pelo seu amado avô,também fiquei assim quando meu pai foi ao encontro do Senhor pensei que não conseguiria mais viver sem ele,mas como você,estou aqui sentindo saudades,mas na alegria de saber que ele está contemplando o Senhor,beijos

Cantinho de Poesia disse...

Joaninha que bela poesia!Não tive como não me emocionar ao ler sua poesia...Uma linda homenagem onde as palavras brotaram do coração!Parabéns!!!!!!

Célia disse...

Joana! Seu avô deve estar celebrando com os anjos do céu a linda e afetuosa neta que ele tem a amá-lo, a rezar por ele, aqui no planeta terra. Abraço, Célia.

Débora disse...

Que poema lindo, prima!
Beijos,
Débora

Renata Rossini disse...

Que homenagem linda.
Meu carinho a vc e sua familia para seguir em frente.
Bjs